1. Coordenação Motora: o ballet ajuda o aluno a se concentrar nos movimentos do corpo, fazendo com que ele use os músculos de forma mais eficiente.

2.  Postura: essa dança melhora a postura e ensina o(a) bailarino(a) a andar com suavidade e a sentar-se corretamente.

3.  Flexibilidade: o ballet devolve para o corpo suas verdadeiras habilidades e funções.

4.  Disciplina: com o ballet, você melhora o desempenho no dia a dia, exercendo atividades com precisão e suavidade.

5.  Expressão Corporal: nessa dança, você expressa a música através de cada parte do seu corpo, com graça e leveza.

6.  Alto astral: livre de tensões, o seu humor melhora e a ansiedade diminui ao dançar ballet.

7.  Queima calorias: além de se divertir com a modalidade, o aluno queima calorias e modela o corpo.

8.  Vence a timidez: o ballet permite que você se descubra, ganhe autoconfiança e se entregue à dança.

9.  Bem-estar: dançar é uma atividade saudável. Com o ballet, você melhora a circulação sanguínea e a resistência física, sentindo-se bem com seu corpo.

10.  Novas amizades: Além dos nove benefícios anteriores, as aulas de ballet são propícias para o surgimento de novas amizades.

Aposte nessa dança!

 

Arquivado em Eventos

O Ballet Lorena Albuquerque preparou uma programação arretada de boa pra comemorar este São João. Teremos quadrilha e muito forró pé de serra que é pra não faltar diversão. Confira!

  • Dia 11/06/15 (quinta-feira) – Quadrilha Divertida para as crianças:

9h – Para as turmas Iniciação, 1° A e 1° B (matutinos);

10h – Para as turmas Despertar, Baby Ballet, Básico I e Básico II (matutinos);

16h – Para as turmas Despertar, Baby Ballet, Básico I, Básico II e Iniciação (vespertinos);

Professor: Artur Leite.

  • Dia 12/06/15 (sexta-feira) – Aula de Forró para os adultos:

17h – Para as turmas 1° A, 1° B, 2° Grau, Prep. II, Jazz iniciante, Jazz mix (vespertinos);

19h – Para as turmas do 3° Grau, 4° Grau, 5º Grau, Ballet Adulto, Jazz adulto , Zumba fitness, Mexe fitness e Ballet Gym;

Professores: Artur Leite e Manga Show.

Obs: os alunos poderão vir a caráter.

 

PERÍODO DE RECESSO: De 13 de junho a 12 de julho.

Voltaremos a funcionar no dia 13 de julho.

 

Arquivado em Destaques, Eventos

Muitos especialistas já comprovaram que a dança é uma atividade física positivamente associada à saúde psicológica e ao bem estar emocional, além de ser um exercício que ajuda manter o corpo em forma. Conversamos com a psicóloga Layanne Malheiros, que faz aulas de ballet e garante que essa modalidade pode trazer muitos benefícios. Na entrevista ela conta como o ballet clássico pode funcionar como terapia e como essa dança se tornou importante para a sua vida. Confira!

  • O que lhe levou a fazer aulas de Ballet?

Na verdade, fazer ballet era um sonho meu desde a infância. Eu sempre quis isso, mas onde eu morava, na época, não tinham escolas de dança e era tudo mais difícil. Então, pude resgatar esse sonho durante minha gestação. Teve um momento em que parei e pensei que eu precisava me resolver em algo relacionado com a dança. Minha filha, a Laura, faz ballet e certo dia, quando fui deixá-la na Escola, me questionei sobre a possibilidade de também começar a dançar. Foi então que o Ballet Lorena Albuquerque me aceitou, ainda na gestação. E, desde então, percebo que estou resgatando o que não consegui viver na infância e desfrutando de muitos benefícios com essa dança.

  • E quais são esses benefícios?

Hoje eu me vejo como uma mulher diferente, me sinto muito mais madura, mais segura, a minha autoestima foi lá pra cima e comecei a me sentir, humanamente falando, uma pessoa bem melhor. Lá na Escola é muito trabalhado essas questões dos princípios, das regras, da conduta e tudo isso me ajudou muito.

  • Como a dança pode funcionar como uma terapia?

Primeiro, eu acredito que o ballet provoca nas pessoas o sentimento de aceitação. Você acaba se conhecendo mais, se aceitando mais e, por ser um ambiente onde tem muito espelhos, você passa a se perceber ali. Além disso, Lorena inicia o trabalho com as alunas tratando dessa questão da elevação da autoestima, do relaxamento… Sem contar no entrosamento entre os grupos que é muito saudável. Então, você acaba conhecendo pessoas novas, começa a dividir coisas da sua vida com aquele grupo e todos acabam se ajudando, tudo isso é muito importante no processo terapêutico. Essa dança faz com que a gente entenda que alguns obstáculos precisam ser rompidos, ela nos dá o impulso para enfrentar as dificuldades. Sem contar na parte lúdica, o diálogo nos momentos de aula, as brincadeiras. É um ambiente totalmente descontraído.

Arquivado em Destaques, Eventos

Pas de Cuba (lê-se Pá de Cuba) surgiu em 2009 no Brasil, como um curso intensivo de férias de inverno numa iniciativa inédita da Perfil Produções Culturais. Seu objetivo é difundir a Escola Cubana de Ballet, criada pelos irmãos Fernando e Alberto Alonso.

O Pas de Cuba se tornou imediatamente uma referência para quem busca o aperfeiçoamento técnico e artístico de bailarinos além do aprendizado de professores, dentro da metodologia cubana de ballet.

O curso, ministrado por grandes mestres da tradicional Escola Cubana de Ballet, inclui certificado e destina-se a bailarinos a partir de 08 anos de idade e professores, a partir de 18 anos sem limite máximo para ambos os casos.

Este ano, pela primeira vez no Nordeste, o curso será realizado em Salvador-Ba, na Escola de Ballet Rosana Abubakir, de 29 de junho a 12 de julho. E o Ballet Lorena Albuquerque está mobilizando seus alunos para que participem do evento, pois além de ser um curso especialmente desenvolvido dentro da metodologia cubana, conta com a presença de grandes mestres do ballet e oficinas que buscam aperfeiçoar as técnicas clássicas dos alunos, através de aulas de ponta, teatro, condicionamento físico e Pas de Deux (dança em casal).

Nossa Diretora Artística, Lorena Albuquerque, falou da expectativa da Escola e da importância de seus bailarinos participarem dessa experiência: “A gente acredita que será um momento único e de grande crescimento para eles, pois terão a oportunidade de participar de um curso renomado, num ambiente apropriado e com grandes profissionais. Então, irão adquirir além do crescimento artístico, um crescimento pessoal, um ganho pra vida”.

Queridos pais e/ou responsáveis, caso queiram saber mais sobre o curso (valores e forma de pagamento), procurem a secretária do Ballet Lorena Albuquerque.

(Fonte: http://www.pasdecuba.com.br/)

Arquivado em Destaques, Eventos

Na próxima semana, de 25 a 29 de maio, daremos início ao período de Aulas Públicas. Um momento especial e muito importante para nossos alunos, onde os pais vêm até a Escola acompanhar a técnica e evolução do filho e o conteúdo que está sendo desenvolvido pelos professores. Ao final das aulas, como elemento surpresa para a família, os alunos fazem uma apresentação exclusiva, criada a partir de todo o conteúdo ensinado no primeiro semestre.

Salientamos a importância da participação da família nas aulas públicas. Este é um momento onde os pais e familiares podem constatar o aprendizado do filho e também matarem a curiosidade de como ocorre uma aula de Ballet Clássico.

Por isso, agende-se para apreciar o trabalho do seu bailarino(a)!

Consulte o dia e horário da apresentação do seu filho na secretária da Escola.

Arquivado em Eventos

No último fim de semana, tivemos o prazer de receber, diretamente de Salvador, a bailarina e professora Marcela Abubakir. Como nos anos anteriores, ela veio ao Ballet para avaliar o desenvolvimento técnico de nossos alunos, visando aprimorá-los na dança clássica e no Método Cubano de Ballet.

Na avaliação, Marcela fez uma análise geral do desempenho dos alunos e professores, levando em conta os conteúdos trabalhados em sala, a metodologia e a desenvoltura de cada um deles.

Com os exames e o acompanhamento de Marcela Abubakir, o Ballet Lorena Albuquerque busca ensinar e preparar seus alunos para que estejam sempre antenados não só à dança e suas técnicas, mas à sua evolução. Para nossa Diretora Artística, o segredo é nunca se acomodar: “Nós temos que estar sempre crescendo, melhorando e, como qualquer profissão, a dança também evolui. O próprio método cubano já foi uma evolução, tem muita coisa que de dez anos para cá já se renovou. E nós, professores, precisamos estar atentos a essas mudanças, porque tudo isso vai favorecer o aluno”.

Nossos alunos, cientes da importância das avaliações, se esforçaram e buscaram a perfeição ao se apresentarem para a banca técnica. Cada um deles se preparou individualmente afim de dar o melhor de si nas apresentações. “A minha técnica foi tirar fotos de todos os passos para não esquecer nem errar e fazer feio na hora. Também cheguei mais cedo para treinar e me preparar”, ressaltou a aluna Mª Clara Nogueira.

A novidade deste ano foi a nossa turma de bailarinos, primeira vez avaliada por Marcela. E nossos meninos não fizeram feio, mostraram firmeza e comprometimento com a dança. O Felipe Câncio, inclusive, compartilhou com a gente essa experiência: A avaliação nos faz lembrar a seriedade da dança. Nos ajuda manter a disciplina e, como nós sempre precisamos de uma terceira pessoa para nos avaliar, tivemos um feedback do que está faltando, o que está bom e o que precisa melhorar”.

Ao final das avaliações, Marcela Abubakir comentou sobre o avanço dos alunos: “É visível a evolução da Escola como um todo. De um ano para o outro, vejo os alunos crescendo tecnicamente e os professores metodologicamente”.

Ano que vem, teremos novas avaliações e, certamente, ótimos resultados. Agradecemos, mais uma vez, a presença e o carinho de Marcela Abubakir e a dedicação dos nossos queridos alunos.

Arquivado em Eventos